flores brancasAs plantas para interiores geralmente são cultivadas em vasos ou em pequenos canteiros móveis. A escolha do tipo de planta para esses lugares deve ser atenciosa: é preciso escolher as que se adaptem a ambientes fechados, já que o nível de luminosidade é menor e o espaço para o cultivo também.

Há pessoas que optam por plantas e flores singelas, apenas para dar um toque especial em sua decoração e outras que optam por exemplares grandes e em bastante quantidade, para criar um ambiente mais próximo à natureza. Os melhores ambientes para se criar uma planta são os que pegam muita luz e tem boa circulação de ar. Uma boa dica é colocar as plantas próximas às janelas.

Algumas plantas podem ser divididas em classes que variam de acordo com a luz que elas necessitam.

Plantas de sombra

São as plantas que não necessitam ficar no sol, precisam apenas de 4 a 6 horas de luz difusa. Alguns exemplos desse tipo de plantas são a Jiboia (Epipremnum pinnatum), a Palmeira-Ráfis (Rhapis excelsa), Singônio (Singonium agustatum) e Café-de-Salão (Aglaonema ssp).

Plantas de meia sombra

Não precisam ficar diretamente no sol, mas necessitam de pelo menos 4 horas por dia de luz indireta. Entre esses tipos de plantas, estão a Violeta africana (Saintpaulia ionantha), o Lírio da Paz (Spathiphyllum wallisi) e a Begônia (Begonia ssp).

Plantas de pleno sol

Necessitam de pelo menos 4 horas de sol direto diariamente. A Azaleia (Rhododrendon spp), Buxinho (Buxus sempervirens) e Onze-Horas (Portulaca ssp).

Em ambientes com pouca luz solar e menores, uma boa opção são os vasos com arranjos de flores de corte, que são de fácil manutenção e manuseio. A escolha do vaso também é muito importante: ele deve acomodar bem a planta e sua raiz e estar em harmonia com o resto do ambiente.

Outro fator importante na hora de escolher a planta certa para o seu ambiente é a toxidade da mesma. Por exemplo, se você tem crianças e animais domésticos, uma planta com toxidade alta não é recomendada, já que a criança ou o animal podem querer colocá-la na boca.

Plantas artificiais

As plantas artificiais são uma boa pedida pra quem não quer ter trabalho com o cultivo das plantas naturais. As réplicas de hoje em dia imitam muito bem as plantas originais e exigem o mínimo de manutenção possível.

Flores, folhagens e até mesmo árvores podem ser produzidas com materiais sintéticos. Entre as flores mais reproduzidas estão as orquídeas e as rosas. Já entre as plantas as mais reproduzidas estão o bambu, a palmeira e a yuca.